Armazenamento de materiais no canteiro de obras

Armazenamento de materiais no canteiro de obras

O armazenamento de materiais no canteiro de obras é um fator que merece a atenção dos gestores de obras.

Isso porque a forma como esses materiais estarão dispostos influenciará diretamente nos custos e na produtividade da construção.

Materiais armazenados de forma inadequada, por exemplo, podem sofrer danos causando desperdício ou até mesmo a perca total do material.

O armazenamento dos insumos deve ser realizado de acordo com as particularidades de cada material e deve ser realizado com planejamento antecipado quanto aos prazos e necessidades da obra.

Por isso, separamos algumas dicas importantes para o armazenamento dos materiais mais utilizados na construção civil, como cimento, peças de aço, tijolos, agregados como areia e brita e madeira.

Veja:

Cimento

O cimento deve ser armazenado em local seco e à prova de umidade, é necessário também que os sacos de cimento sejam empilhados sobre paletes de madeira, para não absorver a umidade contida no chão.

Os sacos devem ser empilhados próximos uns aos outros, de modo a evitar a circulação de ar, e as pilhas formadas devem manter um espaço de aproximadamente 600 mm entre si e entre a parede.

Quanto à altura das pilhas, o recomendado é de até 10 sacos e largura de até 3 metros.

Uma dica importante é empilhar os materiais em formato de cruz, evitando a perca de equilíbrio e queda dos sacos de cimento.

Mantenha os sacos de cimento rotulados com informações sobre a data de entrega, e oriente os trabalhadores a utilizarem os materiais que estão armazenados por mais tempo primeiro.

Peças de aço

Durante o seu armazenamento, é preciso tomar cuidado com a distorção e corrosão das peças de aço.

Por isso, é importante que esse material não fique em contato com o solo, sendo necessário um afastamento de pelo menos 150 mm acima do nível do piso.

É importante separar os materiais pelas suas características, facilitando a identificação do material e evitando cortes desnecessários.

Pintar as extremidades de cada material pode ser uma boa solução para distinguir os materiais de forma rápida.

É importante também, manter as peças de aço longe da umidade, para evitar que peguem ferrugem e comprometam a estrutura da obra e o perigo para os trabalhadores.

Tijolos

Os tijolos também devem ser armazenados em uma superfície seca e firme, e devem respeitar os limites de empilhamento, sendo eles: 50 tijolos de comprimento, 10 tijolos de altura e 4 tijolos de largura.

Tijolos de tipos e tamanhos diferentes devem ser armazenados separadamente, de acordo com as suas características.

É importante que esse material esteja próximo ao local de trabalho e identificado pela carga recebida, assim, se houverem peças defeituosas ou danificadas será mais fácil identificar o lote e fazer a troca do material.

Agregados

Os materiais agregados, como areia e brita não devem ficar expostos as condições climáticas por um longo período de tempo.

Para evitar que os materiais se misturem com o vento e até mesmo sejam levados – no caso de agregados finos, o ideal é que sejam cobertos com uma lona e permaneçam em ambiente sem ventilação.

Por esta mesma razão é recomendado que eles possuam uma distância considerável e se possível tenham um compartimento próprio para o seu armazenamento.

O ideal é que os materiais agregados permaneçam sobre um local plano e sem contato direto com o solo, evitando contaminação com poeira ou sementes.

Madeira

A madeira deve ser empilhada sobre vigas ou tijolos a pelo menos a 150 mm do solo.

Esse cuidado evita a umidade e consequentemente possíveis deformidades no material.

No empilhamento da madeira, utilize camadas com batedores de madeira, para evitar o atrito e empenamento do material.

O mais indicado é que as pilhas de madeira tenham de 1,5 metros a 2 metros de altura.

É importante também, não colocar materiais pesados sobre as pilhas e mantê-las organizadas de acordo com o seu tamanho.


Para preservar os materiais utilizados e manter a organização no canteiro de obras, é importante que todos os colaboradores estejam cientes e respeitem as regras estabelecidas para o armazenamento dos materiais.

Com isso, o trabalho flui com mais facilidade e sem que ocorram grandes perdas de material e até mesmo mão de obra desnecessária.

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta

Fechar Menu